Sobre a nova convenção dos preços dos manuais escolares

Lisboa, 30 de março de 2016

A Associação Portuguesa de Editores e Livreiros – APEL confirma que foi estabelecido o acordo com os ministérios da Economia e da Educação para uma nova Convenção de Preços dos Manuais Escolares, que vigorará até ao final do ano letivo 2017/2018.

Os termos da nova convenção foram definidos com o objetivo de diminuir as dificuldades das famílias na aquisição dos livros escolares, recursos imprescindíveis para o sucesso educativo dos alunos, com os Editores a assumirem o mesmo sentido de responsabilidade e de abertura manifestado ao longo dos anos.

No entanto, durante o processo negocial, a APEL chamou a atenção para os graves impactos económicos que as medidas aprovadas na Assembleia da República, no âmbito do Orçamento de Estado, terão no setor do livro.

Assim, a APEL manifestou a sua disponibilidade para colaborar com os ministérios da Economia e da Educação na análise detalhada desses impactos, sendo seguro antecipar a destruição do tecido livreiro em Portugal, o que significará um enorme prejuízo social e cultural, especialmente junto das populações do interior.

 

APEL – Comissão do Livro Escolar

Consulte aqui o comunicado de imprensa.

Para mais informações contactar:
Gabinete Comunicação APEL | comunicacao@apel.pt | Tel.: 21 843 51 85